QSMS e Normas ISO

26 de agosto de 2012

O impacto da crise financeira na Responsabilidade Social das empresas e suas implicações para a Gestão de Riscos de Reputação

O estudo a seguir, de autoria de Christine K. Jacob, explora o impacto da atual crise financeira em iniciativas de Responsabilidade Social (RS) e suas implicações para a gestão de riscos de reputação.

A teoria do risco social sugere que há um novo tipo de risco relacionado à RS que pode afetar a reputação de uma empresa. Esse trabalho é um estudo de caso múltiplo, que analisa duas multinacionais que atuam no mesmo setor. Os dados qualitativos foram coletados de várias formas, tais como análise de documentos, entrevistas semi-estruturadas e um levantamento em vários locais em três países diferentes, considerando as questões de RS abrangidas pela norma ISO 26000.

Implicações para a gestão de riscos de reputação podem ser identificadas por considerações de risco dentro das empresas estudadas. Riscos sociais que afetam a reputação são por vezes relatados explicitamente em relatórios anuais, com referência direta às questões ambientais e de direitos humanos, bem como à gestão da cadeia de suprimentos e aos riscos relacionados com compliance e códigos de conduta. Entretanto, tais relatórios são menos explícitos em outros casos, com essas questões presentes apenas nos documentos internos de Gestão de Riscos das empresas, e não nos relatórios publicados. Isto implica que muitas organizações têm uma melhor compreensão da importância dos riscos sociais e de seu impacto na reputação, mas não necessariamente que os relatem abertamente.

O estudo está disponível por aqui para visualização e download.