QSMS e Normas ISO

8 de março de 2012

O Dia da Mulher e a ISO 26000

Na norma brasileira e internacional ISO 26000 sobre Responsabilidade Social, o termo "mulheres" é citado 37 vezes...

Sobre Igualdade de Gênero e Responsabilidade Social, a norma recomenda o seguinte:

"Todas as sociedades designam papéis para homens e mulheres. Papéis de gênero são comportamentos  aprendidos que condicionam quais atividades e responsabilidades são percebidas como masculinas e femininas. Esses papéis de gênero às vezes discriminam as mulheres, mas também os homens. Em todos os casos, a discriminação de gênero limita o potencial de indivíduos, famílias, comunidades e sociedades.

Já foi demonstrado que há uma relação positiva entre igualdade de gênero e desenvolvimento  socioeconômico, motivo pelo qual igualdade de gênero é um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A promoção da igualdade de gênero dentro das atividades e campanhas da organização é um importante componente da responsabilidade social.

Convém que as organizações revejam suas decisões e atividades para eliminar desequilíbrios de gênero e promover igualdade de gênero. As áreas incluem:
  • a proporção de homens e mulheres na governança e na alta direção, visando a atingir progressivamente paridade e eliminar barreiras de gênero;
  • igualdade de tratamento para homens e mulheres trabalhadores no recrutamento, designação de tarefas, treinamento, oportunidades de progresso, remuneração e rescisão de contrato de trabalho;
  • igualdade de remuneração para homens e mulheres trabalhadores por trabalhos de igual valor;
  • possibilidade de impactos diferenciados em homens e mulheres no que se refere à saúde e segurança no local de trabalho e na comunidade;
  • decisões e atividades da organização que consideram igualmente as necessidades de homens e mulheres (por exemplo, verificação de quaisquer impactos diferenciados em homens e mulheres resultantes do desenvolvimento de produtos ou serviços específicos, ou análise de imagens de mulheres e homens apresentadas em quaisquer comunicações ou peças publicitárias divulgadas pela organização);
  • benefícios tanto para mulheres como para homens decorrentes de campanhas e contribuições da organização para o desenvolvimento da comunidade, com atenção especial possivelmente dedicada à reparação de áreas onde um dos gêneros esteja em desvantagem.
A igualdade de gênero no engajamento de partes interessadas é um importante meio de se atingir a igualdade de gênero nas atividades da organização.

Para promover igualdade de gênero, as organizações podem considerar o uso de especialistas na abordagem de questões relacionadas a gênero.

As organizações são estimuladas a usar indicadores, metas e referências a melhores práticas para o monitoramento sistemático do progresso na busca pela igualdade de gênero.”

No Dia da Mulher, nossa homenagem às leitoras do Blog e um convite à reflexão para toda a sociedade brasileira!